Dia Mundial do DNA assinalado por uma aluna da ESFRL num concurso Internacional, 25 abril 2021

Em Portugal, falar do 25 de abril é falar de liberdade e de igualdade, condições essenciais para se fazer e divulgar ciência; para a genética e biologia molecular, falar do 25 de abril é falar da descoberta do DNA (sigla internacional) e da conclusão do mapeamento do genoma humano; é falar de um novo mundo biotecnológico que veio para conquistar o séc. XXI.

O DNA é uma molécula extraordinária! Enquanto matéria química podemos caracterizá-la como pouco fascinante: são duas fitas ligadas e enroladas em mola, compridas e monótonas, por vezes empacotadas sob a forma de cromossomas, mas funcionalmente o DNA fascina todos os que o estudam! O DNA é uma linguagem encriptada que vem viajando de corpo em corpo através dos tempos, desde há milhares de milhões de anos, sofrendo alterações físicas e funcionais para ser capaz de permanecer, gerando a miríade de formas vivas que habitam a Terra, quando descodificada por moléculas específicas que viajam com ela e que a ajudam a autoduplicar. Sim, o DNA é a única molécula conhecida que faz cópias de si mesma e isso é, no mínimo, extraordinário!

2021DNA01

Todos os anos, a Sociedade Europeia de Genética Humana lança um desafio diferente aos estudantes do ensino secundário, de todo o mundo, em inglês. Este ano pediu um pequeno ensaio sob a forma de um texto ou de um vídeo sobre os benefícios e consequências para a ciência e para a sociedade, da sequenciação genética de todas as formas, desde os vírus aos humanos.
A Iva Mitrovic, aluna da Sérvia, participante no Programa AFS - Estudar no Estrangeiro, está no 11º ano e quis responder ao desafio. Dirigiu o seu ensaio para o estudo do SARS-CoV-2 e, a esse respeito, escreveu "In my opinion, learning about this virus is essential to beating it. For example, from the published genome sequence, we were able to learn many things. One of the most astounding facts is that this virus encodes a protein that possesses proofreading ability. This mechanism is of great importance to the survival of the coronavirus because, without it, the mutations associated with RNA virus replication would have been damaging."
 
Obrigada Iva, por representares a ESFRL neste concurso :))))))
 
2021DNA02
 
 

COVID-19- Em Destaque